DIARIO DAS GUARDAS EM BLOG


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 10h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 21h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal de Corumbá participa de Fórum em São Paulo

A Guarda Municipal de Corumbá foi a única da região Centro-Oeste do Brasil a participar do Fórum Municipal de Segurança Pública de São Paulo, realizado nos dias 24 e 25 de abril na cidade de Osasco. O evento reuniu representantes de 45 Guardas Municipais do Estado de São Paulo e de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

O fórum discutiu temas relacionados aos serviços das guardas municipais de todo o país, além de propostas como prisão especial para guardas em caso de cometer algum delito e a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que tramita no Senado Federal desde 2002, e propõe a alteração do artigo 144 da Constituição Federal, que dispõe sobre as competências da Guarda Municipal e criação da Guarda Nacional.

Também foram debatidos o porte de arma para guardas com a proposição do uso de pistolas elétricas; a integração com os órgãos de segurança; implantação de um projeto nacional de capacitação de segurança pública incluindo financiamento para bolsa de estudo para ensino superior na formação dos guardas municipais.

O comandante da Guarda Municipal de Corumbá, tenente da Polícia Militar Edson Guardiano, destacou que Corumbá foi convidada a participar do evento e, depois da realização do evento paulista, o Município recebeu convite para sediar o Fórum em 2009 em nível regional.

“Percebemos que estamos bem posicionados no que tange às questões de legislação e estrutura e não deixamos nada a desejar as Guardas Municipais de cidades de outros estados brasileiros”, avaliou Guardiano. “Temos estrutura menor e estamos nos organizando interna e administrativamente. Trabalhamos dentro do que preconiza a Constituição Federal”, ressaltou o comandante.

Guardiano ainda enfatizou que além da troca de experiência com outras cidades, o Fórum trouxe a possibilidade para “viabilização de projetos e captação de recursos, para executá-los, fora do âmbito municipal”.

Censo 2006 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou a existência de 786 Guardas Municipais no país, totalizando mais de 90 mil guardas. Em Corumbá, a Guarda conta com efetivo atual de 194 profissionais.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 20h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal forma nova turma em Florianópolis

A Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina (SSP-SC) e a Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF) convidam para solenidade de formatura da 2º turma da Guarda Municipal da Capital, que será realizada, nesta terça-feira (29), às 19h. O local será o auditório da Academia de Polícia Civil (ACADEPOL), situado a Rodovia Tertuliano Brito Xavier, nº 209, em Canasvieiras.

Segundo informações da assessoria de imprensa, a GMF formou sua primeira turma em 2004 com 98 Guardas e desde então vem realizando trabalhos junto à prefeitura e ao estado. No último dia 04 deste mês teve a aprovação da Lei Complementar nº 321/2008, que cria a corregedoria, órgão que dará amparo a população em relação a GMF. Será a primeira Guarda Municipal do país a exigir no próximo concurso nível superior.

Entre os trabalhos desenvolvidos pela turma estão: auxílio ao trânsito de Florianópolis, proteção ao patrimônio, auxilio aos eventos públicos e nas demais secretarias municipais.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 20h45
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal reforça patrulhamento em volta do Maracanã

A Guarda Municipal vai atuar com 100 guardas no patrulhamento no entorno do Maracanã, neste domingo, quando será disputada a final do Campeonato Estadual de Futebol. O jogo entre Botafogo e Flamengo começa às 16h.

 Do efetivo, 65 GMs vão atuar em no ordenamento urbano, para coibir o comércio irregular e fiscalizar posturas e o atendimento ao público. A GM destacou 35 agentes para atuar no trânsito. Os guardas serão distribuídos em 20 pontos estratégicos, para orientar os motoristas quanto aos bloqueios e dar apoio às operações de reboque da CET-Rio, que combatem o estacionamento irregular.

Diante da perspectiva de grande movimento na região do Maracanã, já que no mesmo dia, na Uerj, serão realizadas provas do concurso público do Tribunal de Justiça, o comandante do 1º Grupamento Especial de Trânsito, do Centro e da Zona Sul, Itaharassi Junior, recomenda à população que priorize os transportes públicos.


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 20h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PM e Guarda Municipal preparadas para o Atletiba




Uma grande operação policial está preparada para o Atletiba de amanhã. Entre policiais militares e guardas municipais, cerca de 350 homens estarão trabalhando na segurança do clássico. Promessa de vigilância cerrada sobre os torcedores brigões, nos arredores do Couto Pereira e nos terminais de transporte coletivo.

Segundo o major Buzenco, responsável pela operação, o objetivo é dar ao torcedor e a população em geral a segurança de um domingo tranqüilo. “Das 12h às 22h, a Polícia Militar e a Guarda Municipal estarão agindo ao redor do estádio, nas vias de acesso e nos terminais”, afirma o major.

Para evitar confrontos antes e após a partida, não será permitida a entrada de torcedores com camisas ou qualquer peça de roupa que identifique as torcidas organizadas. Medida adotada em clássicos em Curitiba desde 2001. “Pedimos também aos torcedores que cheguem ao estádio com antecedência, para evitar tumultos e aglomerações”, diz o major Buzenco. A PM fará a escolta das torcidas organizadas do Atlético, que partirão a pé da Baixada por volta das 13h.

Toda a carga de ingressos para o clássico está esgotada. Portanto, só deve se dirigir ao Couto Pereira quem já garantiu seu lugar. A permanência de pessoas sem bilhetes nas ruas que dão acesso ao local da partida não será permitida.

Quem mora na região do Alto da Glória ou pretende passar nos arredores no domingo também deve ficar atento ao trânsito. “A Rua Mauá estará fechada para veículos a partir das 10h. A partir do meio dia, isolaremos um raio de aproximadamente uma quadra a partir do estádio”, revela Buzenco.

Após o jogo, a torcida do Atlético deve se retirar imediatamente do Couto. Já os torcedores do Coritiba terão que aguardar 15 minutos, independente do resultado. “Pedimos à população que vá ao jogo imbuída de um clima de festa, para que na segunda-feira possamos comemorar um saldo positivo, sem nenhuma confusão ou confronto”, pede Buzenco.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 10h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Palestra orienta guarda municipais sobre relações de consumo
25/04/2008 às 12:13 Aumentar tamanho da fonte Reduzir tamanho da fonte
 

O Procon de João Pessoa realizará na tarde desta sexta-feira (25), às 14h, uma palestra para um grupo de 30 novos Guardas Municipais integrantes do projeto-piloto 'Guarda Comunitária'. A iniciativa faz parte do treinamento para formação desses agentes.

A palestra será ministrada por Haroldo Pimenta, coordenador-adjunto do Procon-JP, na sede da Guarda Municipal, localizada na Avenida Goiás, no Bairro dos Estado. Com base no tema ‘Fornecedor consciente, consumidor contente’, os guarda municipais aprenderão noções de relação de consumo, direitos básicos do consumidor, práticas abusivas, vício, defeito no produto e contratos.

“Queremos informar os Guardas Munipais sobre os direitos básicos do consumidor e, assim, capacitá-los para prestar orientações quando for necessário”, ressalta Haroldo Pimenta.

O Procon Municipal mantém um telefone para atendimento. Qualquer dúvida ou denúncia, o consumidor deve ligar para o número 0800 83 2015. A sede do órgão está localizada na Avenida Dom Pedro I, 331, Centro (vizinho ao Shopping Tambiá). O Procon-JP funciona das 8h às 18h.



Subsecretário acha que medida facilitará controle; hoje cada rua tem um horário, quase nunca respeitado

Publicada em 25/04/2008 às 22h43m

O Globo

RIO - Hoje as operações de carga e descarga são proibidas em horários variados, dependendo da área da cidade, o que dificulta a fiscalização. A restrição de horário é feita por portaria e informada através de placas de sinalização, quase nunca respeitadas. Na próxima semana, equipes da Guarda Municipal e da CET-Rio vão discutir como será feita a fiscalização do polígono restritivo a caminhões de entrega. Para o subsecretário de Transportes do município, Dalny Sucasas, o decreto da prefeitura deverá facilitar o controle, já que proíbe também a circulação dos veículos, e não apenas a parada para descargas.

A ordem do prefeito é que, nos horários vetados pelo novo decreto, tanto a CET-Rio quanto a Guarda Municipal priorizem a fiscalização aos caminhões. Segundo a Secretaria municipal de Transportes, serão instalados painéis eletrônicos móveis informando os locais de proibição e serão enviados comunicados às empresas de transporte de carga do estado. Será feita, ainda, uma sinalização especial na região.

Os motoristas que desrespeitarem o decreto sofrerão as punições previstas no Código de Trânsito Brasileiro: serão multados e poderão ter os veículos rebocados. De acordo com a Secretaria municipal de Transportes e com o Detran, cerca de 30 mil caminhões trafegam pela cidade diariamente. Só este ano, até agora, 7.300 veículos (entre caminhões e carros de passeio) já foram multados na cidade por pararem em área de carga e descarga em horário proibido, segundo dados da Guarda Municipal.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 10h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Alunos da Guarda Civil acompanham sessão no Fórum
 

O curso de formação dos novos Guardas Civis de Rio Claro começa a entrar na reta final de atividades. As aulas vão acontecer durante mais um mês, com a formatura prevista para o dia primeiro de junho.

Na manhã e tarde de quinta-feira (24) 50 estagiários estiveram no Fórum para acompanhar uma sessão de júri como parte da das aulas de Direito de Processo Penal.

Além do trabalho prático, como o realizado no Fórum, o estágio engloba aulas teóricas nas quais os alunos vêm tendo contato com os vários aspectos do dia-a-dia de trabalho como Guardas Civis. Ao final do curso, os alunos estarão aptos a serem efetivados pela corporação.

Os estagiários estudam, por exemplo, assuntos referentes à legislação, às obrigações da corporação e a noções de direito, no lado teórico, e à defesa pessoal, primeiros-socorros e trabalho de campo na parte prática.

Os candidatos foram convocados para o curso após prova escrita, teste psicológico e avaliação física. O avaliação médica e o levantamento social também já foram concluídos.

Hoje A Guarda Civil de Rio Claro conta com 119 GCM’s sendo que 37 foram incorporados no final do mês de janeiro após rigorosa seleção e intensa preparação prática e teórica.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 10h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




uarda Municipal habilita salva-vidas
25-Abr-2008
 A Guarda Municipal de São Luís está habilitando homens do Grupamento de Salva-Vidas para a condução de pequenas embarcações. O objetivo é preparar os salva-vidas para utilização de jet skis e botes no salvamento de banhistas.
A Guarda Municipal de São Luís está habilitando homens do Grupamento de Salva-Vidas para a condução de pequenas embarcações. O objetivo é preparar os salva-vidas para utilização de jet skis e botes no salvamento de banhistas. Uma turma de 20 salva-vidas conclui o curso na próxima segunda-feira (28) e outra com mais 10 será iniciada em seguida. As turmas têm aulas de legislação e de conhecimentos gerais de navegação, além de conhecimentos básicos de manutenção das embarcações e aulas práticas. Segundo o chefe do Grupamento de Salva-Vidas, Edílson Diniz Menezes, o curso é uma etapa da preparação das equipes para a utilização das novas embarcações que a Guarda Municipal adquiriu.
Atualmente, as equipes de salvamento contam com duas lanchas de fibra que fazem o patrulhamento preventivo das praias. Os jet skis e os botes irão melhorar o trabalho, agilizando o salvamento na zona de rebentação das ondas. “Nós tivemos alguns membros de nossa equipe que participaram também de um curso de manobras dentro da maresia e de salvamento com embarcação e que estão preparados para utilizar esses equipamentos e para repassar o aprendizado aos demais colegas”, afirmou Menezes.


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 09h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Civil de Piracicaba completa 105 anos

A partir de 1º de junho, GC contará com mais 53 guardas civis aprovados em concurso

ANA CRISTINA ANDRADE
Da Gazeta de Piracicaba
ana.andrade@gazetadepiracicaba.com.br

A Guarda Civil de Piracicaba completará 105 anos nesta sexta-feira (25), dia em que se comemora o Dia do Guarda Municipal, incluído no calendário oficial do município pela Lei 279/07 do vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (PRB). A festividade, que ocorrerá a partir das 11 horas no estacionamento do Extra Perto, à rua Regente Feijó esquina com Governador Pedro de Toledo, reunirá 80 guardas e homenageará os três mais antigos - inspetor Antonio Herculino Correia, subinspetor Antonio Medeiros Grota e GC João Pereira, todos com mais de30 anos em atividade.

A instituição foi criada em 25 de abril de 1903 por meio de decreto assinado por Paulo de Moraes Barros, na época presidente da Câmara de Vereadores, e tinha nome de Corpo de Guarda e Polícia Municipal. Em 1913 passou para Corpo de Vigilante Noturno, em 1956 o prefeito Luciano Guidotti a instituiu Guarda Noturna e Municipal de Piracicaba.

Em 10 de novembro de 1969 transformou-se em Guarda Municipal, depois passou para Guarda Civil Municipal de Piracicaba.

A Guarda, segundo o atual comandante, capitão Silas Romualdo, tem como papel principal a Segurança Patrimonial. Segundo ele, atualmente a instituição tem 300 profissionais e 70% do efetivo é empregado em patrimônios públicos. O restante está no patrulhamento preventivo feito com viaturas, motos e bicicletas, atuações dos pelotões Ambiental, Rural e Escolar.

A estrutura da instituição conta com 30 viaturas, 22 motocicletas, uma inspetoria móvel e nove bicicletas. "A criação do grupo de ciclistas foi interessante porque a bicicleta não faz barulho, não tem sirene, não depende do trânsito, trafega sobre calçadas e facilita mais a chegada do Guarda até o criminoso".

A partir de 1º de junho Piracicaba contará com mais 53 guardas aprovados em concurso e que estarão se formando no dia 31 de maio. O efetivo será empregado tanto nos patrimônios públicos como nas rondas diárias.

TELECENTRO. Uma central com 10 computadores foi instalada recentemente na Guarda Civil, para especialização dos guardas. Dependendo da disciplina, o curso dura até dois meses. Segundo o capitão Silas, 400 pessoas se inscreveram para a próxima turma. O curso abriga tanto guardas civis de Piracicaba como da região. Mais informações podem ser obtidas na própria instituição.

Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 08h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal do Recife contará com telecentro
23/04/2008 21h15

Do JC OnLine

A partir de maio, tem início as aulas do Telecentro Subinspetor Messias de Oliveira que será inaugurado, nesta quinta-feira (24), pelo prefeito do Recife, João Paulo. A iniciativa beneficiará os guardas municipais que poderão participar de cursos gratuitos de aperfeiçoamento em segurança pública à distância. O telecentro facilitará a integração entre a Guarda Municipal e o sistema de segurança nacional.

A ação é uma parceria da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), com as secretarias municipais de Direitos Humanos e Segurança Cidadã e Serviços Públicos.

Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 08h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




GCM de Diadema contará com o reforço de cães

Leandro Baldini
Da Sucursal de Diadema

A GCM (Guarda Civil Municipal) de Diadema poderá ter ainda este ano o reforço de cães em seus trabalhos.

O projeto de lei, de autoria do Executivo, será votado amanhã, em primeira discussão, pelos vereadores e, de acordo, com o presidente da Câmara, Milton Capel (PV), deverá ser aprovado. “É uma iniciativa muito boa. Acredito que será consenso entre os parlamentares, pois em todas as discussões sobre o assunto ninguém se mostrou contrário até o momento”, afirma.

A matéria institui a criação do Canil Municipal da Guarda e tem como objetivo que os cães atuem na complementação de operações de proteção de bens, serviços e instalações municipais.

Entretanto, segundo o diretor de governo da Prefeitura, Airton Germano, os gastos e a dimensão do projeto ainda não são conhecidos. “Se conseguirmos a aprovação do projeto, vamos inicialmente trabalhar de maneira experimental. Assim, poderemos ter o impacto do que a ação representará em custo e estrutura”.

Germano comenta que a atuação dos cães na GCM não deverá ser similar ao executado pela Polícia Militar. “Será de uma forma mais de prevenção, atuando com os guardas em um trabalho de cidadania. Dessa forma, vai começar a ser criada essa cultura no município. Contudo podem exercer auxílio em ações de resgate.”

Oposição - Para o vereador Lauro Michels (PSDB) a matéria é positiva e deverá ser aprovada pela bancada de oposição.

O tucano, porém, faz algumas ressalvas. Ele espera ter os questionamentos respondidos até a aprovação final do projeto. “Precisamos saber a real necessidade dos cães. Outro ponto se refere a alimentação. Ela será comprada por licitação?”, indaga Michels. “Além disso, é extremamente importante saber se na Guarda existem profissionais especializados no adestramento e cuidado com os animais.”


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 21h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Rapaz agride guarda municipal e vai preso em Dourados
 
Dourados Agora/JP

Uma equipe da Guarda Municipal prendeu na manhã desta quarta-feira Anderson MF, de 21 anos, por desacato. De acordo com a Guarda, o rapaz estava empinando a motocicleta Honda Titan, 150, com placa de Dourados, na Rua José Vitorino Pederiva, no jardim Flórida I.

O guarda abordou o motociclista e orientou-o a não mais agir daquela maneira, para a própria segurança. Nesse momento o rapaz teria agredido os agentes a socos, ponta-pés e palavras de baixo calão. Ele foi detido e encaminhado ao 1º DP.



Guarda Municipal apreende animais silvestres na Zona Oeste

Ao todo, 31 pássaros e dois jabutis foram apreendidos na Praça Seca.
Dez agentes participaram da ação e ninguém foi preso.

A Guarda Municipal (GM) apreendeu neste domingo (20) 31 pássaros silvestres, dois jabutis e 23 gaiolas que estavam sendo comercializados na Praça Seca, na Zona Oeste do Rio. Ninguém foi preso.


Segundo a assessoria da GM, um guarda viu nesta manhã um grupo de suspeitos comercializando os animais próximos a uma feira livre da região. O agente entrou em contato com o Grupamento de Defesa Ambiental da Guarda Municipal, que foi conferir a denúncia. Quando os agentes chegaram ao local, os suspeitos fugiram, abandonando os animais e as gaiolas no local.

Participaram da ação dez guardas municipais, seis policiais militares do Batalhão Florestal e um fiscal da Secretaria municipal do Meio Ambiente. Os animais apreendidos foram encaminhados para o Centro de Tratamento de Animais Silvestres do Ibama, em Seropédica, na Baixada Fluminense.

 
 


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 05h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal faz inversão de mão em trecho da Rua das Laranjeiras

O Globo Online

RIO - A Guarda Municipal informou que iniciou, às 13h50m desta sexta-feira, a inversão de mão emergencial em trecho de 50 metros da Rua das Laranjeiras, nas Laranjeiras, próximo à Rua Alice. A CEG realiza obra emergencial no ponto devido a um vazamento de gás, provocando reflexos no trânsito da Rua Pinheiro Machado e no Túnel Santa Bárbara. Três guardas de trânsito estão no local para orientar motoristas e coordenar a interdição.

Uma das faixas de descida (sentido Túnel Rebouças-Pinheiro Machado) da Rua das Laranjeiras está com a mão invertida (fluindo, portanto, no sentido Pinheiro Machado-Túnel Rebouças) num trecho de 50 metros - o suficiente para desviar do ponto em obras. O tráfego está intenso na Pinheiro Machado.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




GUARDA MUNICIPAL MORRE EM ACIDENTE DE TRÂNSITO

Wellington Cacemiro

 

A Guarda Municipal de Cachoeiro de Itapemirim amanheceu ontem de luto. O motivo: a morte do GM Ernandro da Silva Evaristo, 24 anos, morador da Rua Ângelo Boss, Bairro Baiminas.

 

Ele faleceu na noite anterior, por volta de 18h15, depois de sofrer um acidente de trânsito.

 

Segundo informação oficial a vítima estava em perseguição a um suspeito quando caiu da motocicleta que pilotava.

 

O fato aconteceu na rua que liga o Bairro Santo Antônio com a Bernardo Horta, no Guandu. O veículo teria derrapado. Na queda o capacete do agente da guarda municipal se soltou.

 

Ernandro teria batido com a cabeça no pára-choque dianteiro de um veículo que passava pelo local. O impacto foi tão violento que fez com que quebrasse o pescoço. Com hemorragia interna provocada pela forte pancada no abdômen, a vítima chegou a ser socorrida com vida e encaminhada para a Santa Casa de Misericórdia. Morreu, no entanto, no hospital.

 

Ernandro trabalhava no serviço de moto-patrulhamento e era estimado pelos colegas de trabalho. Seu corpo foi velado na Igreja Assembléia de Deus do bairro Arariguaba. Na manhã de ontem, por volta de 11h, um cortejo fúnebre formado por familiares, amigos, e colegas da  Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito percorreu as ruas da cidade até o Cachoeiro Cemitério Parque, no Bairro IBC - local onde foi sepultado.

 



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mais prazo para apurar briga em manifestação estudantil

Cintia Vegas e Ligia Martoni [18/04/2008]


 Foto: Anderson Tozato

Passe livre: sindicância.

O relatório da sindicância aberta pela Guarda Municipal de Curitiba para apurar o conflito envolvendo guardas e estudantes em uma manifestação pelo passe livre, há pouco mais de duas semanas, ainda não ficou pronto.

A finalização do estava prevista para ontem, mas o secretário de Defesa Social, coronel Itamar dos Santos, informou que a Guarda solicitou mais prazo para concluir as investigações. “Ainda falta ouvir algumas pessoas, como alguns dos estudantes, guardas e mais uma testemunha que estava perto do local”, aponta.

O coronel adianta, porém, que a investigação ainda parece longe de apontar quem deve ser responsabilizado pelo possível choque elétrico levado por um dos estudantes. “Até agora, ninguém identificou ninguém; será difícil estabelecer alguma punição, a não ser que alguém especifique quem seria o guarda que poderia ter agredido o estudante.” Itamar dos Santos prevê a entrega do documento para a semana que vem.

Manifestação

Enquanto isso, os estudantes não definiram qual deve ser sua próxima manifestação pela passagem gratuita. Eles haviam programado para ontem uma passeata pelo centro de Curitiba, mas a manifestação foi cancelada em função da chuva. O presidente da União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (Upes), Rafael Clabonde, disse que o movimento estudantil deve insistir na solicitação ao prefeito Beto Richa de uma audiência pública para discutir o tema, uma vez que seria este o objetivo da manifestação.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 07h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 Câmara inclui novos programas no Pronasci

O Plenário aprovou ontem a Medida Provisória 416/08, que inclui no Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) três projetos retirados pelo Congresso quando da votação da MP 384/07, que criou o programa. A matéria será analisada agora pelo Senado.
Reservista-Cidadão, Proteção de Jovens em Território Vulnerável (Protejo) e Bolsa-Formação são os projetos incluídos na lei. O relator, deputado Regis de Oliveira (PSC-SP), incluiu na MP a determinação de o Executivo estender o Pronasci, progressivamente, às regiões metropolitanas de todos os estados federados até 2012 de acordo com a disponibilidade orçamentária.
Reinserção social
O Pronasci destina-se a articular ações de segurança pública nos estados por meio de convênios com a União, que repassará recursos para os projetos. O objetivo geral é reinserir na comunidade os jovens e adolescentes de 15 a 24 anos em situação de vulnerabilidade social. Para isso, cada projeto tem um público definido a ser escolhido por meio de seleção pública, desde que os pleiteantes atendam aos critérios exigidos.
No caso do Reservista-Cidadão, o público-alvo é o jovem recém-licenciado do serviço militar obrigatório. Seu trabalho é o de se articular com jovens e adolescentes em situação de risco para incentivá-los a participar de outros projetos do Pronasci, aproveitando-se do conhecimento adquirido no serviço militar e reforçado por cursos realizados no âmbito do projeto.
Outro objetivo declarado pelo governo é evitar que o ex-recruta seja aliciado pelo crime organizado. O bolsista receberá R$ 100 mensais.
O projeto Mulheres da Paz pretende capacitar as mulheres socialmente atuantes em sua região para trabalhar em ações de emancipação feminina e de prevenção da violência contra as mulheres. Como incentivo, recebem R$ 190 mensais e sua formação terá ênfase em temas como ética, direitos humanos e cidadania.
O programa Bolsa-Formação pretende estimular a qualificação profissional de policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários, agentes carcerários e peritos. Neste projeto, o relator fez duas importantes mudanças. A primeira autoriza a inclusão dos GUARDAS civis MUNICIPAIS como beneficiários.
A segunda retira da lei o limite máximo de remuneração mensal de R$ 1,4 mil para o integrante da corporação poder se candidatar à bolsa, remetendo a sua definição ao regulamento. A expectativa do governo é beneficiar cerca de 225 mil profissionais de segurança pública em todo o País
. (Eduardo Piovesan)


Texto aprovado é elogiado por deputados da base e da oposição

Durante a votação da matéria, deputados de diversos partidos elogiaram o texto aprovado pela Câmara. Na avaliação da deputada Rita Camata (PMDB-ES), a MP traz avanços para a prevenção da violência. Ela criticou, contudo, a definição de gênero feita no programa Mulheres da Paz. Para Rita, as mulheres não são as únicas responsáveis pelo caminho da conduta, estímulo à capacitação dos jovens.
Raul Jungmann (PPS-PE) destacou a preocupação com o currículo e a formação comum das diferentes polícias no programa e o suporte para o segmento social mais atingido pelo fenômeno da violência. Na avaliação de José Genoíno (PT-SP), a incorporação por parte do governo das sugestões da Câmara foram fundamentais para a aprovação da matéria. Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) ressaltou o acatamento pelo relator da emenda de sua autoria que contempla GUARDAS civis MUNICIPAIS no programa de segurança com cidadania.
Na opinião do deputado Duarte Nogueira (PSDB-SP), o projeto de lei de conversão é um ganho de todo o Congresso, uma vez que o governo aceitou sugestões da oposição. Já para Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ), os convênios com os estados já foram concretizados, o que torna a medida " um programa efetivo de segurança pública com cidadania que certamente terá resultados positivos".
Para Chico Alencar (Psol-RJ), o Pronasci muda o foco do enfrentamento da violência no País, "pois olha as oportunidade do associativismo, da politização, da valorização das culturas da periferia e dos pobres". O líder da minoria, deputado Zenaldo Coutinho (PSDB-PA), fez uma única ressalva à matéria: a bolsa reservista. "Acho que é um risco muito grande expormos jovens de 19 anos a essa relação com a criminalidade. É muito fácil serem cooptados pelo crime", afirmou.
Para o líder do PT, Maurício Rands (PE), somente o Bolsa Formação já abrange mais de 58 mil policiais, "que estão recebendo um novo conceito de segurança pública". Líder do governo, Henrique Fontana (PT-RS) ressaltou que a grande conquista do programa é a construção de uma rede de proteção social para o auxílio ao combate ao crime em diferentes regiões do País. (Cristiane Bernardes e Maria Neves)



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda de São José dos Pinhais adota pistolas de choque

 

arma2.jpg

A Guarda Municipal de São José dos Pinhais anunciou nesta quarta-feira (16) que vai utilizar a pistola Taser.  É  a primeira guarda do Brasil que utilizar a arma. A pistola não é letal e imobiliza o indivíduo que põe em risco a segurança pública.

 

A Taser funciona a base de descarga elétrica ao ser encostada na pessoa ou com o lançamento de dardos. O diretor da guarda municipal do município, José Roberto de Oliveira Alves, afirma que quinze integrantes já estão habilitados para utilizar a arma. “É um equipamento que vai impedir uma agressão sem causar lesão. Pode intimidar alguém que ameaça até ser algemado. Os guardas passaram por oito horas de treinamento. A precisão é boa devido a mira a laser”, diz.

 

choque.jpg

 

 

A pistola pode atingir um alvo até dez metros de distância. A guarda adquiriu 11 armas e vai utilizar pelo menos duas para cada turno. Se precisar, a polícia da cidade estará pronta para usar na região do Guatupê e na Borda do Campo. “É essencial para garantir a segurança dos agentes e das pessoas. A descarga paralisa só no momento. Cada tiro tem uma duração de cinco segundos e a descarga é de 50 mil volts com amperagem baixa”, afirma José Roberto.

 

Segundo o diretor da Guarda, a descarga elétrica foi testada em voluntários. Ele garante que não põe a vida em risco. “Acabei testando em mim a arma. Depois do choque, o efeito passa. Enquanto persiste o disparo, a pessoa fica com os membros contraídos sem nenhum risco”, garante.

 

Cada disparo tem um custo de US$ 40. Atualmente, quarenta países utilizam a pistola, que é certificada pela ONU e autorizada pelo Ministério da Defesa.

 



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 03h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda de Vitória ameaça parar novamente nesta quinta
16/04/2008 10:24:30 - Redação Gazeta Rádios e Internet


REDAÇÃO GAZETA ON LINE
gazetaonline@redegazeta.com.br

Agentes da guarda comunitária de Vitória, que paralisaram as atividades nesta terça-feira (15) após uma pane nos rádios comunicadores utilizados pelo efetivo seguida de uma denúncia de que criminosos da Ilha do Príncipe estariam preparados para executar agentes que fariam o patrulhamento no bairro, trabalham normalmente na manhã desta quarta-feira (16). No entanto, essa pode não ser a realidade de amanhã.

A presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários, Verônica Grillo, afirmou que irá protocolar no gabinete da Prefeitura de Vitória ainda nesta manhã uma série de documentos pedindo uma posição concreta sobre o armamento do efetivo. Segundo ela, todos os 126 agentes que compõem a guarda comunitária foram para as ruas nesta quarta com medo de novas retaliações. Nesta segunda-feira (14) houve uma tentativa de homicídio contra dois guardas comunitários que realizavam patrulhamento de rotina na Ilha do Príncipe.

Após protocolar os pedidos, Verônica Grillo garantiu que vai aguardar um posicionamento da administração da Prefeitura por 24 horas. Se após este prazo o sindicato continuar sem respostas ou tiver negado o pedido do aumento de segurança para os agentes com a autorização para o armamento do efetivo será realizada uma assembléia para que a categoria decida se as atividades serão paralisadas.

O secretário de Segurança Urbana, João Sana, afirma que está aberto a receber os agentes, mas que não há condições de adiantar a liberação do porte de arma. Ele ainda descarta a hipótese de a guarda interromper as atividades porque a medida iria “contra o compromisso social dos agentes”.


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 03h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Dez câmeras de vigilância do centro de SP não funcionam

Plantão | Publicada em 16/04/2008 às 09h06m

Fábio Mazzitelli, Diário de S.Paulo

SÃO PAULO - Lançado em julho de 2006 como uma espécie de "Big Brother" das ruas da capital, o sistema de monitoramento da Guarda Civil Metropolitana (GCM) sofre de miopia. Dez das 44 câmeras de vigilância instaladas pela Prefeitura não estão em funcionamento e não têm prazo para voltar a transmitir imagens, já que o acordo inicial de manutenção dos equipamentos venceu em julho do ano passado.

Pelo acordo firmado com a Telefônica, empresa que doou e instalou as câmeras, havia uma garantia de um ano, período em que a empresa ficou responsável pela manutenção. Depois disso, a Prefeitura começou a ter dificuldades para manter os equipamentos em pleno funcionamento.

- Foi aberta a licitação, mas houve impedimento legal por dois motivos: quem participa do projeto não pode concorrer à licitação para manutenção e o software é de propriedade da própria Telefônica. Não possibilita a contratação de novas empresas - diz o coordenador de segurança urbana da capital, Alberto Rodrigues.

Rodrigues admitiu as falhas no sistema de monitoramento durante debate no programa "CBN São Paulo", da Rádio CBN, do qual também participou o presidente do Sindicato dos Guardas Civis Metropolitanos de São Paulo, Francisco Targino, que denunciou os problemas de manutenção.

- A câmera é um olho mágico. Desligada, é um olho mágico cego - critica Targino.

O sistema de monitoramento da GCM é uma ferramenta para apoiar o trabalho dos guardas e da polícia no combate a crimes, especialmente na região central, local em que está a maior parte das câmeras já instaladas. Outras 64 novas câmeras, que seriam instaladas até o fim do mês passado, também estão sem funcionar, segundo o coordenador de segurança urbana da Prefeitura.

Para Rodrigues, coordenador de segurança urbana da capital, só a existência das câmeras instaladas nas ruas já inibe ações criminosas e, mesmo sem funcionar, os equipamentos têm servido a seu propósito preventivo.

- Não existe prejuízo à população. Até porque nós monitoramos os espaços onde estão instaladas as câmeras e não se percebeu qualquer variação na criminalidade. As pessoas não têm conhecimento, até por uma estratégia operacional de polícia, se essa câmera está ou não gerando imagem. Mas o seu efeito preventivo tem sido de grande valia - diz Alberto Rodrigues.

Em nota, a Prefeitura declara que está "finalizando entendimentos" com a Prodam (autarquia municipal) para que a empresa ofereça os serviços de manutenção até que se conclua a licitação, sem detalhar como nem quando isso será feito. A Telefônica diz, em nota, que cumpriu o acordo com a Prefeitura. "O sistema doado não inclui softwares de uso exclusivo ou tecnologias proprietárias, de modo que sua manutenção pode ser realizada por qualquer empresa contratada pela Prefeitura", diz a nota.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 03h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal entra na luta contra dengue
O que você faz para combater a dengue em sua região?

A Guarda Municipal realizou hoje (15), no Quartel da instituição reunião com 40 auxiliares de inspetores para ajudarem no trabalho de erradicação do mosquito da dengue.

O objetivo da reunião é envolver todos os guardas que estão nos postos de trabalho como orientadores no combate ao vetor.

O biólogo Wellington Tristão, do Departamento de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde ministrou palestra sobre o tema. Para ele “a GM vai contribuir na orientação e na observação. “Cada um de nós será responsável na orientação e um agente de saúde nesta campanha”. A instituição pode colaborar ajudando na segurança dos arrastões realizados pelos PSF”, explica o biólogo.

Para o Diretor da GM, Coronel Gercy Joaquim Camêlo, “saúde é responsabilidade individual e coletiva das pessoas. Temos que ter consciência coletiva para controlar essa doença e que todos nós precisamos conscientizar toda a sociedade para as medidas que devem ser feitas para evitar que a dengue se espalhe.”.

Segundo a auxiliar, Taveira, “os auxiliares de inspetores serão os primeiros a participarem da campanha pela GM porque estão no campo e visitam todos os dias todos os postos de trabalho do município”, enfatiza.

A corporação também faz parte do Comitê Municipal de Combate a Dengue e Febre Amarela, promovido pela Secretaria Municipal de Saúde.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 03h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Armamento da Guarda Municipal de Vitória será concuído ainda no primeiro semestre
14/04/2008 22:03:18 -
BETH GUERRA

O secretário de Segurança de Vitória, João José Sana, afirmou que todas as etapas exigidas no processo de armar a Guarda Municipal de capital já foram cumpridas. Segundo o secretário, agentes de segurança comunitário devem receber ainda neste primeiro semestre o número de registro do porte de arma.

“Falta apenas o registro do porte de arma. Mas, já dialoguei com a Polícia Federal e os agentes de segurança que foram treinados devem começar a atuar armados ainda neste primeiro semestre”, frisou Sana.
 
A arma de fogo dos agentes de segurança da guarda, será usada apenas em último caso, segundo João José Sana. “Ele vai sacar a arma numa situação de flagrante. É importante lembrar que eles foram treinados para abordar pessoas. Ele só vai sacar a arma quando houver necessidade para conter uma resistência a abordagem e jamais vai fazer isso se houver riscos para a população”, frisou.
 
O secretário de Segurança reforçou que todos os agentes que terão porte de arma passaram por exames psicotécnicos, cursos de treinamento de tiro, tiveram aulas sobre Direitos Humanos e sobre os problemas sociais da região. Sana também tranquiliza a população que se preocupa com possíveis assaltantes que visam roubar as armas dos agentes.

“Não é a perspectiva do guarda sair atirando em ninguém. Se tem um guarda e dois criminosos cometendo um crime contra uma pessoa, o agente deverá pedir reforço para fazer a abordagem. Eles vão andar sempre em duplas para a segurança deles em um possível assalto”.
 
Agentes da guarda sofrem tentativa de assassinato
 
No mesmo dia em que o secretário de segurança de Vitória revelou à Rádio CBN que a agentes da Guarda Municipal devem andar armados ainda neste primeiro semestre, dois guardas comunitários do município de Vitória foram alvo de disparos de arma de fogo quando chegavam a uma escola de ensino infantil na Ilha do Príncipe, na manhã desta segunda-feira (14), onde fazem fazem a guarda diariamente.

Um dos guardas, que terá o nome preservado, conta o que aconteceu. “Eu e meu parceiro fazíamos patrulhamento. Ao passarmos pela escola, vimos um grupo de indivíduos. Um deles entrou na frente da minha moto. Eu freiei, para não atropelá-lo. Ele perguntou se não podia ficar no meio da rua. Eu disse que podia, mas não na frente da minha moto porque ele quase foi atropelado. Pedi licença para que ele saísse da frente da moto. Ele subiu o morro e um minuto depois ele apareceu com uma camisa na cabeça, correndo, com uma pistola na mão”, conta o agente.

Ele diz ainda que teve tempo apenas para pedir ajuda aos funcionários da escola. Tiros foram disparados. Os projéteis atingiram os pneus da moto e a parede da escola. Ninguém saiu ferido.

O veículo foi recolhido ao pátio da sede da guarda municipal de Vitória. Para o gerente de proteção da guarda municipal, coronel Fernando Antonio de Araújo, o fato só reforça a necessidade de os guardas trabalharem armados.

Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 03h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal age com violencia contra menor da Apae
 
Aparecida de Fatima Vicente, escolheu um show
evangélico para fugir da violencia e foi vitima de
truculencia e despreparo da Guarda Municipal
[foto: Renato Fernandes/Diário da Serra]
---

Durante o show da cantora evangélica Cassiane, para mais de 15 mil pessoas na Praça da Catedral, em comemoração ao aniversário de Botucatu, na sexta-feira, 11, um garoto de 16 anos, aluno da Apae local, teve um ataque epilético, segundo a mãe Aparecida de Fátima Vicente e teria sido agredido pela Guarda Municipal.

O menino começou a convulsionar e a Guarda Civil Municipal carregou o menor com truculência, sem nenhum cuidado e ‘agrediu’ o rapaz, apesar dos avisos da mãe, que estava ainda com outros filhos, ‘que o menino era doente mental e tinha crises de convulsão’.

"Ele levaram meu filho para baixo do palco e começaram a bater nele. Depois seguraram a cabeça dele grudada no chão e amarraram as mãos sobre as costas, apesar de ter avisado que ele estava com ataque epilético. Na Apae todos conhecem meu filho, sabem da doença dele e nunca fizeram o que vi", reclamou a mãe.

A mãe insistia para a CGM deixar seu filho respirar, pediu para que o colocassem de lado e não com a barriga ao chão. O menino no sábado estava com o rosto machucado pela pressão imposta contra o corpo do menor.

Em casos de ataque epilético recomenda-se o atendimento absolutamente diferente ao oferecido ao filho de Aparecida de Fátima, conforme ensina o site TO Epilepsia, da USP.

Bombeiros, médicos e PMs geralmente acalmam o paciente, colocam em decúbito lateral, [de lado], para facilitar o escoamento de muco e saliva e a eliminação de alimento ou vômito e chamam o resgate. Nesse caso a GCM de Botucatu não chamou o resgate.

O queixo deve ficar em posição mais alta e as vias respiratórias desobstruídas, para melhorar a respiração.

PLANTÃO MÉDICO NÃO FOI ACIONADO
Contrastando a atenção dada a uma moça que passou mal, algum tempo antes do surto do menino, ela teve direito a uma ambulância e profissionais de saúde, mas o procedimento não se repetiu com o menor, que tem atraso mental, apesar de seus 16 anos.

"Meu filho tem cabeça de 10 anos ou 12 anos", afirmou Aparecida de Fátima Vicente, moradora da Vila Mariana.

Enquanto o caso exigia atendimento médico, o menor era mantido imóvel contra o chão.

A chegada do pastor Helton Pereira, apesar de ter reduzido a violência contra o menor, promovido pela despreparada Guarda Civil Municipal, pouco ajudou. O pastor iniciou um exorcismo, com uma oração, expulsando os espíritos malignos do garoto.

O pastor também reclamou da forma como o rapaz foi “atendido”. “Usaram excesso de violência, isso não era necessário, o mal dele é espiritual. Estamos em um show gospel, com pastores e fiéis, não era necessário esse tipo de atitude, mas sim alguém para tirar o que o possuiu”, garantiu o religioso, ao blog O Grito Noticias.

NÃO FOI FATO ISOLADO
Desde a sua criação a Guarda Municipal de Botucatu tem sido apontada como despreparada e violenta.

De março até o dia 11 de abril foram registradas 2 ocorrências na delegacia de policia contra guardas municipais, que teriam agredido botucatuenses em vias públicas e inúmeras reclamações de cidadãos que estavam em bares, durante blitz, com a PM.

O Secretário de Segurança do Municipio, Ricardo Santos, não se pronunciou sobre as denuncias de violência, assim como o prefeito Mário Ielo.

IMAGENS DE O GRITO NOTICIAS
Imagens veiculadas no http://ogritonoticias.blospot.com, mostram o completo despreparo da Guarda Civil Municipal em atender um caso de epilético, conforme foi revelado pela mãe, uma evangélica que vê seu filho ser atendido na Apae, desde os 8 anos.

'A reportagem do blog O Grito acompanhou o momento em que o rapaz foi retirado da multidão por um grupo formado entre 4 e 5 Guardas Civis Municipais, os agentes carregaram o rapaz por uma distância média de 50 metros, passaram a cerca de isolamento que divide a platéia e o palco e o levaram para a parte externa da festa, atrás do tapume que isola o acesso aos camarins', relata a reportagem.

Área, onde não havia naquele momento, qualquer espécie de viatura de resgate ou condições de atendimento médico.

A imobilização do rapaz foi feita nos paralelepípedos da rua, em sua face esquerda estava a mão de um dos agentes; os braços do menino foram cruzados nas costas por outro guarda civil enquanto um terceiro cuidava de cruzar também as suas pernas.

A GCM foi procurada mas não se manifestou sobre o assunto, nem o Secretário de Segurança Ricardo Rodrigues dos Santos.


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 03h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda municipal vai ajudar na segurança na rodada do Paranaense

AN Curitiba [11/04/2008]


A Guarda Municipal de Curitiba participará da ação de policiamento preventivo nestes sábado (12) e domingo (13), na rodada do Campeonato Paranaense de futebol. Haverá guardas municipais e veículos da Guarda na ação, que será em conjunto com a Polícia Militar.

"É fundamental um reforço na segurança pública para garantir a tranqüilidade dos torcedores e da população em geral", diz o secretário municipal da Defesa Social, Itamar dos Santos.

O policiamento será reforçado com equipes da Guarda estrategicamente posicionadas nos principais terminais de ônibus. Também será reforçado o patrulhamento nos eixos de transporte mais usados pelos torcedores.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 03h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal multa 105 carros na orla do Rio

 
Veículos estavam estacionados irregularmente do Leme ao Leblon.
Dois deles foram rebocados e levados para depósito no Centro.

A Guarda Municipal multou só neste sábado (12) um total de 105 veículos na orla do Rio. Dois deles foram rebocados. A operação, que tinha como objetivo coibir o estacionamento irregular, foi realizada nos bairros de Ipanema, Leblon, Copacabana e Leme, na Zona Sul do Rio.

Segundo a Guarda Municipal, os veículos foram multados por estarem estacionados em frente a garagens, em cima de calçadas, em vagas destinadas a deficientes e ainda por não estarem com o ticket do Vaga Certa, que deve ser dado aos motoristas pelo guardador.

Dos carros multados, 40 foram notificados pela manhã e 65, à tarde. Os carros rebocados foram levados para o depósito da Rua Benedito Hipólito, no Centro do Rio. valores das multas variam de R$ 50 a R$ 130.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 08h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal de Jaboatão debate a violência
Publicado em 11.04.2008, às 21h59

 

Promover o debate com a população sobre o combate à violência e estimular a integração social de jovens em situação de risco são os objetivos das oficinas promovidas pela Guarda Municipal de Jaboatão dos Guararapes (Grande Recife). A ação, que tem o apoio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), acontecerá neste sábado (12) e domingo (13), na escola Rodolfo Aureliano, em Jaboatão Centro.

As oficinas de prevenção à violência abordarão temas como Prevenção contra a exploração sexual, Direitos humanos e Cidadania nas escolas. Os participantes também poderão participar das oficinas de capoeira, artes plásticas, teatro, literatura e esportes, entre outras.

As informações obtidas nas discussões das oficinas, além dos dados levantados pelos delegados - que são escolhidos entre os membros da Guarda Municipal para participarem das Conferências Regionais de Segurança Pública, serão utilizados para a elaboração do Plano Municipal de Segurança Pública de Jaboatão.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 08h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Prefeitura de Poá (SP) abre 80 vagas de guarda municipal

A Prefeitura de Poá (SP) abriu concurso para 80 vagas de guarda civil municipal, que exige nível médio completo. O salário chega a R$ 713,20 (veja aqui o edital).

Confira lista de concursos e oportunidades

 

Tire suas dúvidas sobre concursos públicos

 

As inscrições poderão ser feitas até 24 de abril (exceto dia 21, que é feriado), na Rua Padre Eustáquio, nº 31, Centro de Poá, ou através do site www.omegaitu.com.br. A taxa é de R$ 35.


O processo seletivo será composto de prova objetiva, de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação médica e investigação social.

 

Os aprovados farão então o estágio de formação de guarda civil municipal, que começa no dia 23 de junho. A convocação dos classificados será feita no dia 16 de junho através de publicação pela imprensa, no Quadro de Avisos da Prefeitura da Estância Hidromineral de Poá e na Secretária Municipal de Segurança Urbana, determinando o horário, dia e local para apresentação do candidato.

Os candidatos devem ter carteira de habilitação das categorias A e B, altura mínima de 1,65 m para homens e 1,60 m para mulheres.


A prova objetiva será realizada em Poá no dia 11 de maio. A divulgação de todas as fases do processo público seletivo será divulgada através do quadro de editais da Prefeitura da Estância Hidromineral de Poá-SP, nos sites www.poa.sp.gov.br e www.omegaitu.com.br e no Diário de Suzano.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 09h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Homens da Guarda Municipal fazem curso sobre noções de turismo

11h26 09/04/2008

Um grupo de 30 homens da Guarda Municipal de João Pessoa passou por um treinamento sobre Noções de Turismo e Informações Turísticas da cidade. O curso terminou no final da manhã desta quarta-feira (9) e teve início na terça (8). A capacitação foi ministrada por técnicos da Secretaria Executiva de Turismo, com o objetivo de treinar os guardas para que possam tirar possíveis dúvidas de turistas que visitam João Pessoa.

Durante o curso, foram repassadas informações sobre o Patrimônio histórico de João Pessoa e alguns pontos turísticos. Para o secretário Executivo de Turismo, Elzário Junior, treinar estes Guardas Municipais é de fundamental importância. "Eles podem ser um importante elo entre a cidade e os turistas que aqui chegam, garantindo informações precisas sobre João Pessoa", comenta.

O curso possui uma carga horária de 10 horas/aula e foi ministrado na sede da Guarda Municipal, que está situada na Avenida Goiás, 748, no Bairro dos Estados.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 09h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Burocracia elimina candidatos a vaga na Guarda Municipal
 
 

Um problema burocrático impediu que aprovados na prova escrita do concurso para a Guarda Municipal participassem dos exames físicos para o cargo. As avaliações são realizadas no estádio “Morenão”, e um grupo de candidatos não pôde ser incluído porque, nos exames médicos por eles apresentados, não constavam os dizeres “apto para atividade física”, apesar dos pleiteantes à vaga não terem nenhum problema de saúde detectado.

Pelo menos sete candidatos nessa situação iniciaram a coleta de assinaturas para pleitear, via recurso, suas inclusões nos exames. Edson Nascimento (19 anos) é um deles. Revoltado, o candidato informou ter feito os exames médicos na rede municipal de Saúde. “O exame diz que eu não tenho problemas de saúde. Não entendo porque os médicos não foram preparados a emitir os laudos como está no edital”, criticou.

O argumento é o mesmo de Edevílson Trindade (21). Ele diz ter se preparado durante oito meses para as provas. No exame teórico, obteve nota 7,2, sendo que a média de corte era 3. “Fiquei bem acima da média”, considerou. “Como tinha confiança de que ia bem na prova, me preparei bem para os testes físicos”, relata, alegando que passou os últimos quatro meses dedicando-se a atividades físicas. Trindade também fez seus exames na rede pública, mais precisamente na UBS do Serradinho.

Diogo Camatte (20) disse ter feito seus exames hoje, pela Funcef. Os laudos, embora não apontassem restrição para atividade física, não especificaram o termo “apto”, o que o deixou de fora das provas. “Não entendi o que aconteceu. Falei para o médico que era para o exame da Guarda Municipal, e que tinha de apresentar que estava apto. Não fui aceito”, criticou.

Os exames físicos da Guarda Municipal são realizados diante da “torcida” de familiares, que acompanham as atividades realizadas na pista de atletismo do estádio. Dentre os exames aplicados hoje, exigiu-se que os candidatos percorressem seis voltas em 12 minutos, em um percurso de 2,4 mil metros (homens, sendo de dois mil metros para as mulheres). Equipes do Samu estão no local para prestar auxílio médico a quem não resistir às exigências.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 09h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda-municipal é suspeito de aliciar menores
Redação Aqui
O garçom Manoel Francisco dos Santos, de 38 anos, o guarda-municipal Fredsom Jesus Santos, de 28, e o cabeleireiro Januário Ferreira Santos, de 19, foram presos quarta-feira, suspeitos de oferecer bebida alcoólica a quatro adolescentes, no Bairro União, Região Nordeste de BH.



As garotas, de 12, 13, 15 e 16 anos, se atrasaram para a aula e aceitaram o convite. Conforme a polícia, um deles tentou manter relações sexuais com uma das menores, mas ela recusou. Segundo as garotas, o portão foi trancado, mas os rapazes negam.

No local, foram apreendidas uma garrafa de cachaça e outra de vinho. Na noite de quarta-feira, a delegada da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente ouviu os depoimentos e ainda não sabia se manteria os envolvidos presos.


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 19h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




http://www.uai.com.br/UAI/html/sessao_2/2008/04/10/em_noticia_interna,id_sessao=2&id_noticia=58398/em_noticia_interna.shtml

Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 19h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Homem troca tiros com a Guarda Municipal e acaba morto no Cidade Nova
Data: 10/04/2008
Itu – Um homem foi morto após uma troca de tiros com a Guarda Civil Municipal, na noite da última segunda-feira, no bairro Cidade Nova. O indivíduo estava com um revólver ameaçando as pessoas que se encontravam em uma pizzaria, na avenida Paz Universal, quando a GCM chegou, conforme consta no Boletim de Ocorrência. No momento da abordagem feita pelos guardas, o homem reagiu a tiros e acabou sendo atingido nas pernas e no tórax, vindo a falecer no local.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 19h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal atende ocorrência de tentativa de roubo e recupera bicicleta importada

Guardas Civis Municipais atenderam na noite desta terça-feira, por volta das 20h30min, uma tentativa de roubo no Terminal Rodoviário localizado na Avenida Tancredo Neves, onde três assaltantes, um deles armados com revólver, renderam uma funcionária que foi ameaçada. Eles tentaram a prática de roubo, mas fugiram antes da chegada dos Guardas Civis Municipais que compareceram no local com duas viaturas.

Foi realizada uma varredura na região e os GM’s encontraram no interior da Vila Stecca uma bicicleta importada da marca GT avaliada em aproximadamente R$ 2.000,00.

A bicicleta foi apreendida e levada ao plantão policial onde será devolvida ao proprietário.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




GUARDA

Guarda municipal é detido dentro de casa por corrupção de menores em BH

09/04/2008 - 12:50:21


ANA PAULA DE MORAES

BELO HORIZONTE - Três homens - um garçom baiano, de 38 anos, um guarda municipal, também da Bahia, de 28, e um cabeleireiro belo-horizontino, de 19 - acabaram presos, na manhã desta quarta-feira, acusados de corrupção de menores e porte ilegal de cartucho de arma de fogo. Eles estavam na casa onde moram, no bairro União, na região Nordeste de Belo Horizonte.

A Polícia Militar (PM) chegou ao local depois de uma denúncia anônima de que menores de idade, com uniformes de uma escola municipal do bairro Fernão Dias, também na região Nordeste da capital, freqüentavam uma casa habitada por homens.

Os policiais surpreenderam quatro meninas, de 16, 15, 13 e 12 anos, na sala de estar e em dois quartos do imóvel. Todas contaram que apenas bebiam vinho e pinga. Porém, a menor de 15 relatou que o guarda municipal tentou forçá-la a fazer sexo. Ela se esquivou e foi para os fundos da casa. Pouco antes de a PM chegar, já havia retornado à sala, para ficar junto aos demais.

Conforme o cabo Edney Soares dos Santos, que participou da ocorrência, as adolescentes de 16 e 13 anos visitavam a casa desde dezembro do ano passado. A de 15 foi ao local em outras ocasiões. A menina de 12 estava lá pela primeira vez. Todas alegaram que nunca tiveram relações sexuais com os moradores.

Às 13h da tarde desta quarta, os sete envolvidos estavam na Delegacia de Orientação e Proteção a Criança e ao Adolescente (DOPCAD). A PM apreendeu quatro garrafas de bebida e um cartucho de revólver



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda detêm pichadores que agiam no Mogilar
 


Trabalho da Guarda Municipal faz parte do esforço da Prefeitura de Mogi das Cruzes para aumentar a segurança da cidade, realizado em parceria com as autoridades policiais do Governo do Estado


09/04/08 - Guardas municipais detiveram, na madrugada desta quarta-feira (09/04), três adolescentes que pichavam um muro na rua Professor Álvaro Pavan, no bairro do Mogilar. Os menores P.O.R.C., de 15 anos, N.A.T.O., 16, e L.C.F.S., 17, foram apanhados com um rolo de pintura pequeno e uma garrafa PET com tinta preta enquanto desenhavam na parede. Eles foram encaminhados à Delegacia e, após a chegada dos pais, que assinaram termos de compromisso e responsabilidade, todos foram liberados.

A Guarda Municipal de Mogi das Cruzes, criada em 2003, é mais uma das iniciativas do prefeito Junji Abe para aumentar a segurança na cidade. “Sabemos que essa área é de responsabilidade do Governo do Estado, mas não podemos ficar parados apenas aguardando as coisas acontecerem. Temos que agir de maneira concreta”, explica o prefeito.

Por meio de investimentos pesados em projetos sociais para formação de jovens e auxílio a parcelas carentes da população, além de apoio operacional e financeiro às polícias Civil e Militar, a Prefeitura de Mogi tem conseguido combater o crime na cidade. Os índices de homicídios registrados em 2007, por exemplo, em comparação com o ano anterior, apresentaram redução de 34%.

“No último ano, atendemos mais de 10 mil ocorrências, com 859 pessoas presas em flagrante e outras 173 procuradas capturadas. Também apreendemos 150 quilos de entorpecentes, 178 armas de fogo e mais de R$ 5,9 milhões em bens resgatados e devolvidos a seus proprietários”, explica o Comandante do 17º Batalhão da Polícia Militar, coronel Paulo Roberto Madureira Sales.

Recentemente, a Prefeitura participou ativamente da inauguração da nova sede da 1ª Companhia do 17º Batalhão da PM, localizada em Cezar de Souza. O prédio que abriga a unidade policial foi construído por meio de uma parceria entre a Administração Municipal e a iniciativa privada, com base em um projeto arquitetônico que segue parâmetros de segurança definidos pela própria polícia.

O edifício tem 665,70 metros quadrados de área construída e está instalado em um terreno com total de 2.032,50 metros quadrados. Além de contar com toda a estrutura voltada para o policiamento – como salas de comando, espaço para soldados, vestiário e auditório – , o prédio dispõe de um vão central e amplo espaço externo para receber moradores locais, estimulando a interação com a comunidade. (LRR



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Civil apreende 90 mil folhas de cheque em branco

Material foi encontrado nesta terça-feira (8) na região central de SP.
Folhas estavam dentro de caixas deixadas próximas a um poste.

Cinco caixas cheias de talões de cheque do banco HSBC foram encontradas pela Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, na manhã desta terça-feira (8), no Parque Dom Pedro II, na região central da capital paulista, próximo ao terminal de ônibus.

De acordo com a Coordenadoria de Segurança Urbana, as caixas estavam próximas a um poste. Foram contabilizadas cerca de 90 mil folhas de cheque em branco.

O material foi apreendido e encaminhado para o 1º Distrito Policial, na Sé, onde o caso está sendo registrado.

 A assessoria do banco HSBC disse que os cheques não tinham impressão de nomes de clientes ou de contas e agências, só o logotipo do banco. Por volta das 16h, as caixas já haviam sido levadas para centrais administrativas e o grupo de gestão de fraudes internas estava analisando o material para saber o que aconteceu.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal reforça patrulhamento na zona rural de Tatuí


A Guarda Municipal de Tatuí está apoiando a Polícia Militar no patrulhamento da zona rural de Tatuí, município da região de Sorocaba. A medida visa reduzir a incidência de assaltos e furtos a chácaras, prática que tem aumentado nos últimos meses.

De acordo com a Polícia Militar, a maior parte dos crimes é praticada entre 19h e 22 h e no período da manhã.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal explica confronto com estudantes na Câmara
Publicado por André Molina
08-Abr-2008 17:29
 
 

Em um clima tenso, a Comissão de Segurança da Câmara dos Vereadores realizou reunião com representantes da Guarda Municipal nesta terça-feira (8). O objetivo do encontro era esclarecer o confronto entre estudantes e policiais na semana passada. O conflito aconteceu após manifestação dos estudantes secundaristas na praça Santos Andrade, no Centro de Curitiba.

 

O movimento pedia o passe livre de ônibus e acabou na Estação Tubo, próxima a Universidade Federal do Paraná, resultando em atos de violência.

 

Um dos estudantes acabou no Hospital Evangélico. A Guarda Municipal alega que ele sofreu uma queda enquanto os participantes do movimento estudantil afirmam que o manifestante foi alvo de armas de choque e spray de pimenta. Na mesma semana em que houve o confronto entre a guarda de Curitiba e os manifestantes, a Câmara Municipal de Curitiba recebeu a denúncia.

 

Nesta terça-feira, os vereadores tinham marcado audiência com o Secretário Municipal da Defesa Social, Coronel Itamar Santos. O principal representante da guarda não pode estar presente e indicou os inspetores Celso e Speck para participarem da reunião.

 

celso2.jpg

 

O inspetor Celso afirma que o incidente ocorreu no final do ato de protesto. Segundo ele, 50 estudantes invadiram a Estação Tubo de forma irregular, sem o pagamento da passagem. “Os usuários e funcionários pediram à Guarda para exercer o controle. Uma pessoa idosa foi ofendida pelos estudantes. Um manifestante sofreu uma queda e foi pisoteado. Ele teve que ser levado ao hospital”, justifica.

 

O guarda ainda declarou que os policiais não usaram spray de pimenta e instrumentos de choque. “Não usamos este tipo de equipamento. É permitido utilizar bastões, armas de fogo e algemas. Foi preciso algemar alguns manifestantes para garantir a segurança dos dois lados”, explica.

 

No final do depoimento, o inspetor Celso ainda disse que “a ouvidoria da Guarda está a disposição”. Segundo ele, “a instituição deseja apurar os fatos”.

 

Vereador lamenta ausência do Secretário da Defesa Social

 

O presidente da Comissão de Segurança, vereador Pedro Paulo (PT), afirma que os relatos dos estudantes e da Guarda Municipal serão avaliados para a realização de um relatório. “A comissão tem caráter investigativo. Se a denúncia for confirmada, vamos enviá-la ao Ministério Público. É uma pena que o coronel Itamar não pôde estar presente. Sua presença é importante. Se for necessário vamos convidá-lo novamente”, diz o parlamentar.

 

O vereador Tico Kuzma (PSB) afirmou que o conflito está “tomando um rumo político-eleitoral”. Segundo ele, a manifestação pode ter a intenção de atingir o prefeito Beto Richa.

 

Tumulto

 

No momento em que os vereadores escutavam os representantes da Guarda de Curitiba, aproximadamente 300 estudantes invadiram a portaria da Câmara Municipal para protestar contra o ato de violência.

 

manifestao5.jpg

 

Segundo o representante do movimento, Rafael Clabonde, a comissão não deixou os estudantes participarem da reunião. “Vamos continuar com a invasão em estações tubo e as manifestações. A Guarda deve ser punida e queremos o passe livre. O que eles falam na reunião não passa de mentira. Sofremos agressões”, disse



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Prefeitura de Florianópolis irár amplia efetivo da Guarda Municipal

A Guarda Municipal de Florianópolis terá um órgão específico para instaurar processos disciplinares e apurar infrações cometidas pelos servidores do setor.

. A Lei Complementar nº 321/2008, que cria a corregedoria na área de segurança pública no município, foi sancionada nesta segunda-feira (07/04). A nova legislação também amplia o efetivo atual para 800 policiais e institui um plano de carreira para os guardas municipais.

          Ainda segundo a lei, o efetivo será ampliado em mais 650 vagas, sendo 50 contratações a serem realizadas em 2009, e 100 por ano até 2017. A categoria também passa a ter um plano de carreira que inclui cinco níveis verticais – aspirante, agente, subinspetor, inspetor e superintendente – e vários subníveis, com um salário base que pode variar de R$ 900 a R$ 3.130, dependendo da função. 

            Entre as atribuições da Guarda Municipal estão a proteção do patrimônio, bens, serviços e instalações públicas municipais e o meio ambiente, bem como a fiscalização do uso de vias urbanas e estradas, contribuindo para o ordenamento do trânsito. No exercício de suas funções, os integrantes da guarda municipal vão poder atuar armados para garantir sua proteção pessoal e da população.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 11h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




RP: chuva forte deixa Guarda Civil em prontidão

WEBER SIAN RP: chuva forte deixa Guarda Civil em prontidão Avenida Treze de Maio, no início da Castelo Branco, registra pontos de alagamento

A Guarda Civil Municipal está de prontidão por conta da chuva forte que cai sobre Ribeirão Preto desde às 8h30. Segundo a guarda municipal Janaína Valetim a chuva se mantém contínua e apesar de ainda não haver registro de pontos de alagamentos, o nível dos córregos já subiu e alguns estão prestes a transbordar.

Cinco viaturas da GM estão nos pontos críticos da cidade monitorando o nível dos córregos, na Álvaro de Lima, Francisco Junqueira com a Jerônimo Gonçalves, Favelo do Brejo e Via Norte. "Os guardas municipais estão informando e orientando a população da possibilidade de ter de deixar às suas casas. É uma situação de alerta", diz.

De acordo com Janaína o ribeirão Preto é o que apresenta a situação mais crítica no momento. "Está há um metro de transbordar. Já o Retiro Saudoso está faltando um pouco menos de dois metros", afirma.

Para mais informações ou chamados de urgência a população pode ligar 199, na Central de Atendimento da Defesa Civil.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 11h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Prefeito apresenta comandante da Guarda Municipal

Marjorie MOura, do A Tarde

O prefeito João Henrique  apresenta oficialmente o coronel José Alberto Guanaes como comandante da Guarda Municipal de Salvador (GMS) na quarta. O evento será realizado às 15 horas, na antiga sede da Limpurb, na Avenida San Martin.

Os candidatos ainda estão realizando as últimas provas de titulação, mas, segundo o decreto municipal que criou a corporação, subordinada à Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), dos dois mil guardas municipais, cerca de 25% do contingente é composto por mulheres, que vão atuar sempre em dupla com os homens, tendo como armamento cassetetes e radioamador, numa operação conjunta com as polícias Civil e Militar.

Carros, motos e bicicletas serão usados como veículos de acordo com as áreas de vigilância. Os uniformes e a logomarca com o escudo da guarda, que vai funcionar no local, também serão apresentados no evento.

“Apesar de não ser obrigação constitucional direta da prefeitura, a nossa Guarda Municipal não cuidará apenas do patrimônio público – praças e prédios, por exemplo –, mas estaremos atuando no total apoio às polícias Civil e Militar, em mais uma demonstração de sintonia com o governo do Estado”, disse o prefeito João Henrique. “Temos a convicção de que esta nova instituição dará contribuição consistente e efetiva para a melhoria da segurança pública, uma questão que preocupa não apenas Salvador, mas todas as grandes cidades do País”. João Henrique lembrou ainda que esta é a primeira experiência que a cidade terá com este tipo de instituição. 



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 07h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Vandalismo diminui após ação conjunta da PM e Guarda Municipal
 
 

A parceria da Policia Militar com a Guarda Municipal de Curitiba parece ter dado certo na prevenção e repressão de conflitos entre torcedores neste fim de semana em Curitiba. Quatro jogos envolvendo três das maiores torcidas do estado (Atlético, Coritiba e Paraná) aconteceram simultaneamente na capital e segundo informações divulgadas pela prefeitura, os danos no mobiliário urbano, estações e ônibus caíram consideravelmente.

Ao todo foram quatro ônibus atingidos por pedras e outros tipos de depredação e sete vidros laterais foram quebrados, além de um pára-brisa trincado. Comparando com os estragos feitos após o clássico Atletiba (entre Atlético e Coritiba) do último dia 20 de janeiro, os número melhoraram. Naquela oportunidade, foram 13 ônibus danificados.

Para a ação de policiamento preventivo, a Prefeitura de Curitiba mobilizou 170 guardas 33 veículos. Os agentes ficaram responsáveis por conter tumultos nos terminais de ônibus, deixando a PM com o policiamento volante e segurança no estádio.

Balanço

Durante uma reunião realizada nesta tarde na sede da PM, a Polícia confirmou que apesar da realização de quatro partidas ao mesmo tempo em Curitiba, nenhum incidente grave foi registrado. “Tudo transcorreu dentro da normalidade e prevaleceu o bom senso até o presente momento”, avaliou o ex-presidente da FPF, Amilton Stival.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal vai operar em julho

A TARDE On Line

A Prefeitura definiu para julho o início das operações da Guarda Municipal de Salvador (GMS). No total, serão dois mil guardas, entre homens e mulheres, atuando em conjunto com as polícias Militar e Civil.

Os guardas trabalharão em duplas e terão à sua disposição carros, motos, rádios, além de fantas como armamento.

"Temos a convicção de que esta nova instituição dará uma contribuição consistente e efetiva para a melhoria da segurança pública, uma questão que preocupa não apenas Salvador, mas todas as grandes cidades do país", afirma o prefeito João Henrique.

Na quarta-feira, dia 9, às 15 h, a prefeitura apresenta oficialmente o comandante da GMS, o coronel José Alberto Guanaes, além dos uniformes e o escudo da Guarda. A antiga sede da Limpurb, na AV. San Martin, será a sede da Guarda.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 17h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal realiza Blitz de conscientização nas ruas de Tangará
Theodora Malacrida - Redação DS - Data do Arquivo: 4/3/2008
     A Guarda Municipal de Tangará da Serra, realizou durante a manhã de ontem, na Avenida Tancredo Neves, próximo a antiga Rua 1, uma blitz de conscientização aos motoristas e motociclistas.
O guarda municipal (GM) Quirino, informou que, a blitz está sendo realizadas durante esta semana devido ao alto índice de acidentes que vem acontecendo em Tangará. “Não estamos entregando panfletos, estamos apenas no famoso boca-a-boca, e avisando aos motoristas e motociclistas seus deveres junto ao trânsito, para sigam todas as exigências e regras, para que possamos ter um trânsito mais tranquilo”, confirmou GM Quirino.
O que se nota ultimamente, é que nas ruas e avenidas do município, em algumas delas, não existem placas indicando de quem ao certo deveria ser a preferencial. Além disso, o trânsito é marcado também, por cruzamentos com excessos de placas e outros que não existem nenhuma sinalização. As rotatórias não indicam quem deve seguir nem quem deve parar. Como também as faixas de pedestres, que são locais constantes para acidentes, já que na verdade o local seria para proteger. Dentre esses problemas, as irregularidades de alguns motoristas também contribui para que os índices aumentem. “Estamos na verdade lembrando os condutores de motos e carros como os mesmos devem se comportar diante do trânsito, algumas regras como, não usar celular quando estiver na direção, criança de até 10 anos sempre no banco traseiro do veículo, bebida e direção é algo que não combina, para os condutores de motocicletas prestar mais atenção, principalmente mulheres com sandálias inadequadas para o veículo que está sendo conduzido, não carregar nenhum objeto no tanque de combustível da moto, estar sempre com as duas mãos no guidão, tem que estar atento ao capacete, pois o mesmo tem data de validade de 3 anos cada, tem que verificar se está bem ajustado na cabeça e com a viseira devidamente fechada, dentre outras coisas que muitas vezes passam despercebidas pelos motoristas”, explicou GM Quirino, ressaltando ainda que, os guardas municipais também podem autuar os condutores. “Em torno de 95% das multas de infrações de trânsito, são do município”, frisou.
Diante desses fatos, resta aos motoristas, motociclistas


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 22h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Some busto de bronze de ‘coronel do café’

Nicola Tornatore
WEBER SIAN Some busto de bronze de ‘coronel do café’ SUMIU O busto do coronel Joaquim da Cunha Diniz Junqueira foi roubado da praça XV

A herma (um busto sem os braços) do coronel Joaquim da Cunha Diniz Junqueira desapareceu do seu pedestal de três metros de altura, inaugurado na praça XV de Novembro nos anos 30.
A Guarda Civil Municipal, responsável pelas praças da cidade, diz que não tem condições de monitorar todos os logradouros, 24 horas por dia.
O furto da herma, confeccionada em cobre, é mais um ataque contra o patrimônio histórico de Ribeirão Preto, que vem sendo dilapidado pouco a pouco.
Curiosamente, a herma do coronel Joaquim da Cunha Diniz Junqueira, maior líder político da história de Ribeirão Preto, desaparece na seqüência de outro furto – o do busto de seu maior adversário, o também coronel Francisco Schmidt.
Esse busto, que ficava na praça Schmidt, na avenida Jerônimo Gonçalves, foi furtado no ano passado. Na ocasião, o secretário municipal de Infra-estrutura Nilson Baroni anunciou que a Prefeitura iria providenciar um novo busto. Até ontem, o pedestal continuava vazio.
Os ladrões, que provavelmente vendem essas relíquias como ferro-velho, não perdoaram sequer um marco histórico da fundação de Ribeirão Preto – na estrada das Palmeiras, um cruzeiro de cimento marca o local onde foi fincada uma cruz de madeira, no longíquo 1845, primeira tentativa de fundação do povoado que mais tarde ganharia o nome de São Sebastião do Ribeirão Preto.
“A placa com os dizeres ‘marco da manifestação civilizatória de Ribeirão Preto’ desapareceu há alguns anos e nunca foi reposta”, conta o padre Flávio Rosa, da Paróquia de Santa Rita de Cássia das Palmeiras.


O maior líder político da história de RP
O coronel Joaquim da Cunha Diniz Junqueira foi o maior líder político da história de Ribeirão Preto.
Representante político de um clã formado por fazendeiros de café (os Junqueira, habitantes pioneiros da região), não era ele quem tinha as mais extensas lavouras, mas sim seu grande adversário, o coronel Francisco Schmidt.
Nas urnas, porém, o Joaquim da Cunha era imbatível, tanto nas eleições locais quanto nas nacionais. Em mais de uma oportunidade, não aceitou os candidatos indicados pelo seu partido (PRP-Partido Republicano Paulista), desligou-se da agremiação, bancou seus preferidos – e venceu, sempre.
Na campanha presidencial de 1910, não concordou com o apoio do PRP ao candidato Rui Barbosa e fez campanha para o situacionista Marechal Hermes da Fonseca – e Ribeirão entrou para a história como o único município paulista em que Hermes teve mais votos que Rui Barbosa.
Durante décadas indicou os candidatos da situação para a Câmara Municipal e depois o prefeito que era escolhido por esta. Tinha também a palavra final sobre os candidatos a deputado pela região.
Fez de seu genro Altino Arantes secretário de Estado do Interior e presidente (governador) de São Paulo. De seu círculo familiar mais próximo, saíram nada menos que quatro nomes de ruas/avenidas: Osório Junqueira (filho/rua), Jorge Lobato (genro/rua), Altino Arantes (genro/rua e Biblioteca “Altino Arantes”) e Francisco Junqueira (filho/avenida). Em 1970, o prefeito Antonio Duarte Nogueira sancionou a lei nº 2412, denominando uma avenida ou praça de “Cel. Joaquim da Cunha Diniz Junqueira”. Na lista telefônica oficial de 2008, porém, não consta logradouro público com a referida denominação.
Nascido em Ribeirão Preto, em 1860, o coronel Joaquim da Cunha morreu em setembro de 1932, em plena Revolução Constitucionalista. Após sua morte, em editorial de primeira página, um jornal reconhece de público o que, na política e na imprensa, todos sempre souberam – que havia sido fundado por incentivo do coronel Joaquim da Cunha. Este jornal é o A Cidade.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 16h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A Guarda Civil espanhola prendeu 13 pessoas, nas Canárias, numa operação que permitiu desmantelar um laboratório de tratamento de heroína.

Entre o grupo de detidos estão dois portugueses, que ainda não foram identificados, acusados de delitos contra a saúde pública.

A agência Lusa informa que a operação começou há dois meses, após se ter constatado uma subida do consumo de heroína nesta região, acabando por ser encontrado o laboratório, no município de La Laguma.

Durante a operação, a polícia encontrou 1,5 quilos de heroína de grande pureza, confiscando também 60 mil euros em dinheiro.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 16h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Domingo boleiro agita PM e Guarda Municipal

Policiamento se prepara para um dia com quatro jogos em Curitiba, todos no mesmo horário

Da redação
Franklin de Freitas
Torcidas estarão em ação no domingo, em seus estádios
Torcidas estarão em ação no domingo, em seus estádios
A Polícia Militar e a Guarda Municipal vão trabalhar em conjunto no domingo, quando Curitiba terá quatro jogos no mesmo horário, todos pela última rodada da segunda fase do Campeonato Paranaense. O policiamento preventivo e ostensivo será intensificado neste dia, quando Atlético, Coritiba e Paraná jogarão contra Iraty, Toledo e Engenheiro Beltrão.

A medida, anunciada ontem, tem como objetivo evitar confronto entre torcedores. “O movimento das torcidas será no mesmo horário, pois os quatro jogos ocorrem às 16 horas”, disse o capitão Valdir Carvalho de Souza, da seção de Planejamento e Operações do Comando do Policiamento da Capital (CPC).

Os torcedores estão sendo orientados a não levar ao estádio bandeiras de bambu, materiais pontiagudos e cortantes, que são materiais que podem ser usados para agressão. Outra orientação é que os torcedores, durante o deslocamento para os estádios, evitem usar as camisas dos clubes. “Esse tipo de atitude por parte do torcedor evita eventuais rixas que possam ocorrer no trajeto. Também estamos pedindo que, se ele se deparar com tumulto, que se afaste da confusão”, disse Carvalho.

O patrulhamento reforçado começa às 14 horas. “Equipes estarão dispostas estrategicamente nos principais terminais de ônibus. Além disso, vamos reforçar o patrulhamento nos eixos geralmente usados pelos torcedores, para o deslocamento para evitar brigas durante o trajeto até os estádios”, detalhou Carvalho.

O coordenador do Centro de Operações da Guarda Municipal, Wagnelson de Oliveira, esteve presente no CPC para acertar os últimos detalhes do trabalho conjunto. Ele e o capitão Carvalho explicaram que nem todas as medidas podem ser anunciadas, para garantir sua eficiência na contenção de tumulto. Eles destacaram que já foram realizadas reuniões com os representantes das torcidas organizadas dos clubes. Os torcedores receberam orientações para que não seja comprometida a segurança dos torcedores e familiares que forem aos estádios.

Explicações
A Federação Paranaense de Futebol afirmou que não poderia alterar os horários e datas do jogo porque a rodada é decisiva. O resultado de uma partida pode interferir na formação dos confrontos das semifinais. Como o estádio do J.Malucelli não tem iluminação, foi descartada a hipótese de mover os jogos do Grupo B para as 18h10 de domingo. A realização de jogos no sábado também foi rejeitada, sob o argumento de não prejudicar Coritiba e Paraná, que jogaram quarta-feira pela Copa do Brasil e poderiam sofrer com desgaste físico. Outro motivo que dificultou a alteração na tabela foi a transmissão da RPC. (SRF)


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 00h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Motorista é multado e rouba talão de guarda municipal

O Globo Online

RIO - Um homem está sendo procurado pela polícia por ter roubado talão de multas de uma guarda municipal após ter sido autuado por avanço de sinal e estacionamento irregular, na manhã desta quinta-feira, na Tijuca. Segundo a assessoria da Guarda Municipal (GM), o motorista do Fiat Dobló, placa KVH-0387, avançou o sinal na esquina da Rua São Francisco Xavier com Dona Zulmira e estacionou o carro em cima da calçada, na altura do número 416 da São Francisco Xavier.

Quando o motorista viu que a agente da GM Sheila Cesar da Silva estava multando o seu carro foi tirar satisfação. Ele agarrou o braço da guarda, arrancou o talão de sua mão e foi embora. O registro está sendo feito na 18ª DP e o caso deve ser tratado como roubo. A guarda Sheila foi encaminhada para fazer exame de corpo de delito, pois ficou com um hematoma no braço.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 00h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Confronto com Guarda Municipal acaba em violência
 
 

 

cep2.jpg

 

Dois estudantes foram presos e um está internado em estado grave no Hospital Evangélico depois da manifestação pelo passe livre. Os manifestantes argumentam que a Guarda Municipal agiu com violência ao tentar conter o protesto. A manifestação aconteceu por volta das 10h, na Praça Santos Andrade.

 

 vergao.jpg

 Amílton Monteiro, presidente do Grêmio Estudantil do

 Colégio Loureiro Fernandes, mostra marca da agressão 

 

 

Os organizadores da manifestação, Adriano Soares Matos e Rafael Clabonde, diretor e presidente da União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES), foram presos no primeiro distrito policial. Ainda não se sabe o nome do estudante internado.

 

 

cado.jpg

 

 

“Começaram a bater muito em um estudante e eu entrei na frente para tentar ajudar. Daí eles me bateram com cacetetes, disseram que eu estava desacatando a autoridade e me algemaram. Depois apanhei dentro da delegacia”, conta Matos. Ele afirma que eram 50 estudantes e 15 policiais. Na foto acima, o Siate precisou ser acionado para atender os estrudantes que apanharam da Guarda Municipal.

 

Matos afirma que tentou conversar com os policiais, mas a tentativa foi em vão. “Eles já chegaram sacando armas e sprays de pimenta e ameaçando todo mundo. Jogaram spray em algumas meninas que nem estavam participando da manifestação”.

 

discutegm.jpg

 Everton Luiz de Souza, vice-diretor da UPES, discute com

 guardas municipais 

 

 

O relações institucionais da UPES, Thiago Douglas Moreira, também estava no protesto e disse que os policiais não ajudaram o estudante que está internado. “O menino chegou a desmaiar de tanto que apanhou. E eles continuaram batendo mesmo assim. Eu tive que ligar para o SAMU correndo”, diz. 

 

Versão dos guardas 

Já a Guarda Municipal argumenta que eram 300 estudantes que causaram tumulo na estação tubo Central. Foi quando, segundo a Guarda, o cobrador chamou ajuda. A Guarda afirma que foi quando os manifestantes saíram correndo e um estudante – que está internado - caiu e foi pisoteado. A Guarda afirma que não dispõe de equipamentos para dar choque e nem spray de pimenta.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 21h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Vereadores avaliam agressão da Guarda Municipal contra estudantes
Publicado por André Molina
02-Abr-2008 17:18
 
 

 

 

vereadores.jpg

 

                                    

 

A Comissão de Segurança da Câmara Municipal de Curitiba realizou reunião nesta quarta-feira, 02 de abril, para ouvir o depoimento de estudantes que foram agredidos pela Guarda Municipal em manifestação pelo passe livre no centro da capital paranaense. Segundo os manifestantes, a guarda utilizou armas para conter o protesto, que acontecia na Praça Santos Andrade às 10h00.

 

O conflito entre os estudantes e a guarda ocorreu depois que cerca de 50 manifestantes invadiram um tubo na Estação Central. Segundo alguns estudantes, os guardas entraram no tubo e utilizaram cacetetes para conter a invasão. Os manifestantes afirmam que 50 policiais participaram da ação.O presidente da comissão de segurança, vereador Pedro Paulo (PT), afirmou que vai ouvir todas as partes para avaliar “até que ponto a Guarda Municipal está preparada para enfrentar uma manifestação estudantil”.

 

O vereador André Passos (PT) disse que as autoridades não podem criminalizar o movimento. “É fundamental que as entidades estudantis se organizem. A manifestação aconteceu com aviso prévio. Deve haver uma relação cordial entre a guarda e o cidadão”, afirmou. Já o vereador Tico Kuzma (PSB) não aprovou a invasão dos estudantes na estação tubo. “O vandalismo não pode acontecer, mas a guarda deve se preparar para não tomar uma atitude equivocada como esta. A manifestação deve ser permitida e organizada”, disse.Após a audiência, o vereador Pedro Paulo decidiu marcar um encontro com o secretário de Defesa Social, coronel Itamar dos Santos, para ouvir a justificativa da ação. 

 

 

pulso.jpg

 

                                                        

Estudantes foram agredidos com armas

 

 

 

Os estudantes declaram que foram utilizados instrumentos como spray de pimenta, armas de choque e cacetetes no ato de agressão. O líder da UPES (União Paranaense dos Estudantes Secundaristas), Rafael Clabonde, permaneceu preso durante duas horas no 1° Distrito Policial e, segundo ele, foi agredido. “Eles bateram em todo mundo. Sofremos uma ação covarde. Os policiais apontaram armas de fogo. Fomos algemados e presos em celas. As algemas chegaram a machucar”, disse.

 

 

Além de Clabonde, a guarda prendeu também o menor A.L.A, de 17 anos, que é estudante do colégio Loureiro Fernandes. “Ele reclamou de pancadas na barriga”, disse.A estudante identificada como Mara Ana disse que “ficou aterrorizada com uma cena que presenciou”. Ela viu um estudante ser espancado e receber jatos de spray de pimenta no momento em que socorria outro estudante que caiu no chão. Segundo ela, a violência foi tanta que um manifestante foi internado no Hospital Evangélico.   type=text/javascript> /**/


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 21h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Ter, 01 de abril de 2008 16:13

Segunda-feira (31), por volta das 22h30, a Guarda Municipal foi acionada para a Rua Domingos Secnato, no Jardim Eloísa.

Em entrevista para o Programa do Gildinho, o Guarda Municipal Rafael contou que ele e seu parceiro Marcos
foram até o local, pois, segundo uma denúncia, Alessandro de Souza Rodrigues, 29 anos, natural de Leme (SP), estaria agredindo uma criança de cinco anos aproximadamente.

Chegando ao local dos fatos, depararam com Alessandro e a criança, mas não viram-no agredindo a criança.

No entanto, o acusado estava com a criança, que chorava muito e apresentava um ferimento no nariz.

Alessandro aparentava estar visivelmente embriagado ou sob efeito de uso de entorpecente, e alegou que a mãe da criança o abandonou quando o seu filho ainda tinha nove meses, e que é ele quem cuida da criança com a ajuda de sua mãe.

Alessandro disse estar desempregado e, quando arruma algo para fazer, o filho fica sob os cuidados da sua mãe.

Compareceu no local, a Conselheira Tutelar Bruna, que encaminhou a criança ao Lar São Francisco, acionando o médico do Gati no local para exame clínico.

Alessandro foi encaminhado ao Plantão de Polícia e, após ser ouvido, foi liberado.



Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 00h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Guarda Municipal captura jacaré de dois metros no Ibura

O bairro do Ibura recebeu uma visita inesperada nesta terça-feira (1º). A brigada ambiental da Guarda Municipal do Recife capturou, numa rua do bairro, um jacaré de dois metros de comprimento, no quintal de uma casa.

De acordo com o gerente da brigada, Julio Melo, o jacaré apareceu no local devido às chuvas.
Segundo ele, o Rio Xingu, que passa pelo bairro do Ibura, encheu e fez com que o animal aparecesse na região.

O jacaré foi levado para a sede do Ibama, no bairro de Casa Forte.

Este foi o segundo caso registrado no Recife neste período. Na semana passada, um outro jacaré foi capturado no bairro do Curado.


Escrito por Lucival/GM de Leme/SP às 20h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese
MSN - gmleme_4@hotmail.com
Histórico
Outros sites
  AGMESP
  Rio Claro
  União das Guardas
  Minha Vida Pessoal
Votação
  Dê uma nota para meu blog